• entrepreneurs & politician lobbying firm
  • Como expandir o seu negócio para África

    04/11/2019

    Partindo do princípio que não quer manter  o seu negócio num modo de sobrevivência e quer vê-lo entre as empresas que prosperam no mundo devastado pela guerra comercial de hoje, contratar uma empresa de lobby poderá ser a melhor decisão que pode tomar. Uma empresa de lobby tem o potencial de pegar  no seu negócio num estágio inicial e transformá-lo numa força do mercado.

    Portanto, se está a começar ou introduzir o seu negócio em África – ou já está estabelecido nalgum dos seus países, mas quer expandir suas operações para outros -, deixamos-lhe algumas das maneiras através das quais as empresas de lobby beneficiam os negócios em África.

    1. Evite a burocracia

    Segundo estudos realizados, os regulamentos federais e burocracia custaram aos EUA mais de 1,9 milhões de dólares, em 2017. África não é diferente, os excessos de alguns regulamentos burocráticos impedem, por vezes, o crescimento dos negócios. No entanto, caso esteja a trabalhar em conjunto com uma empresa de lobby que represente os seus interesses, poderá reduzir a o tempo e passos no meio deste mundo de burocracia e obter aprovações, concessões e licenças num período mais expedito.

    Os lobistas são capazes de o fazer porque têm ligações diretas e valorizadas com os reguladores e legisladores. Tais conexões garantem que os interesses dos seus clientes permanecem protegidos e que as suas operações decorrem suavemente e sem percalços.

    2. Obtenha boa publicidade para o seu negócio

    Independentemente de quantos anúncios promova com os produtos / serviços da sua empresa, a maioria das pessoas não irá confiar ou criar engagment com eles. Isto deve-se simplesmente ao facto de que os consumidores valorizam mais a opinião de terceiros do que a mensagem veiculada pela própria empresa.

    É exatamente isso que as empresas de lobby podem conseguir. Conseguem disseminar a sua mensagem através de meios isentos e que apelam de uma formam mais próxima ao público em geral. Assim, conseguem veicular a sua mensagem de uma forma mais eficaz.

    3. Garanta o interesse dos seus negócios

    Como referimos anteriormente, os lobistas têm uma voz forte juntos dos decisores política. Os legisladores têm a capacidade de redigir ou alterar leis que poderão beneficiar altamente os sues negócios ou então prejudica-los de uma forma radical. Em caso algum será benéfico estar do lado oposto desses decisores.

    Felizmente para o seu negócio, as empresas de lobby garantem que esteja sempre do lado certo. Ao informarem e apresentarem relatórios constantemente a esses decisores políticos (que são cargos para os quais foram eleitos, na maioria dos casos) que a sua  empresa beneficia os seus eleitores diretamente (através da criação de empregos) e indiretamente (disponibilizar oferta de produtos / serviços de qualidade), os lobistas garantem que o seu negócio e a sua empresa seja tidos em boa conta por parte dos decisores políticos.

    4. Construa uma rede de parceiros locais forte

    Nenhuma empresa pode sequer pensar em prosperar,  a não ser que os seus administradores estudem e conheçam as os pontos fortes e práticas bem-sucedidas dos seus concorrentes que possam gerar lucros. Para isso, é essencial que tenha parceiros locais que conheçam o mercado como a palma das suas mãos e possam fazer updates constantes da informação relevante.

    Os lobistas, fazendo-se valer das duas redes de contacto locais profundamente enraizadas, conseguem estabelecer contacto com os principais stakeholders e círculos de poder locais. Assim, os lobistas garantirão que esses círculos de poder e quem neles orbita fiquem atentos à sua presença e o conheçam. Esta rede de contactos ao seu depois é importante para que possa estabelecer contactos e criar parceiros que serão benéficas para a sua empresa a longo prazo.

    5. Conseguir crédito com facilidade para a sua empresa

    Quer esteja a iniciar um novo negócio ou expandir um já existente, existe uma coisa que é sempre necessária: capital. Num em desenvolvimento como a África, o capital está maioritariamente nas mãos de bancos financiados pelo governo. Portanto, se necessita de obter algum tipo de crédito, convém que as suas relações com a banca e com o setor governamental esteja imaculada.

    Mesmo que não seja algo que solicite diretamente, grande  parte do trabalho de um lobista passa por polir e aprimorar as relações dos seus clientes com o governo. Ao fazê-lo, poderá fazer-se valer de eventuais novos contactos e relações criadas com os decisores para obter um acesso privilegiado ao capital.

     

    Conclusão

    À medida que as guerras comerciais se intensificam, a expansão de negócios afigura-se uma realidade cada vez mais dura e mais difícil para as empresas seja em África ou em qualquer outro lugar. A única opção passa pela inovação e pela abordagem através de técnicas pioneiras por parte das empresas, sempre com alguma segurança de métodos de provas dadas. E fazer lobby é uma estratégia que nunca falhou – e é por isso que poderá ser uma das suas melhores decisões. Basta que contrate uma empresa capaz e profissional, e basta esperar para que os resultados excedam as suas expectativas.

    FACEBOOK
    TWITTER
    YOUTUBE
    LINKEDIN
    INSTAGRAM

    Deixe um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

    Latest News