• entrepreneurs & politician lobbying firm
  • Como as empresas de Lobbying podem influenciar os Interesses

    08/10/2019

    De acordo com um relatório do The Atlantic, os lobistas têm gasto grandes quantias nos EUA para influenciar os políticos. As grandes corporações nos EUA gastam quase 2,6 biliões de dólares por ano com lobby, com mais de 70% do valor (ou seja, 1,8 biliões) destinado a financiar as atividades da Câmara dos Deputados.

    Para demonstrar a magnitude deste número, considere o seguinte: a quantia gasta no lobby dos decisores políticos nos Estados Unidos (que inclui os que estão na Câmara e no Senado) é mais do que o orçamento combinado desses dois pilares do governo.

    É algo mau? Pelo contrário.

    Os lobistas gastam este valor em prol de causas que têm um impacto positivo nos seus clientes em geral e o público em particular. Se tem dúvidas sobre esta afirmação, os exemplos abaixo mencionados devem esclarecer como o lobby influencia os políticos para ajudar o público em geral.

     

    1. Através do financiamento de grupos públicos de defesa de direitos

    Grupos públicos de defesa de direitos consistem em pessoas que a mesma opinião e a mesma voz num qualquer assunto. Essa voz conjunta é usada para pressionar o governo. As empresas de lobby, quando não estão ocupadas a influenciar diretamente os políticos, escolhem esta rota indireta de defesa de direitos pública para conseguir o que querem.

    Como ajuda os políticos: Quando os políticos, sob pressão de lobistas, prestam atenção aos grupos de defesa pública, na verdade estão a ouvir os seus eleitores. Isso permite-lhes obter mais votos e fortalecer os já existentes para as próximas eleições. E isso é tudo que um político quer, porque o ajuda a permanecer no poder.

    Como ajuda o público em geral: Escusado será dizer que os grupos de defesa pública são constituídos em cidadãos. Essas pessoas, quando recebem apoio de uma empresa de lobby, conseguem elevar a voz de uma maneira superior e com maior magnitude. Isso, por sua vez, aumenta a probabilidade de que as suas exigências sejam ouvidas por quem percorre os corredores do poder.

    2. Patrocínio de Think Tanks

    Um bom relatório que contenha factos que corroborem a causa dos lobistas é uma importante ferramenta para que possam pressionar o governo e influenciar os interesses. Esse relatório pode ser usado para para fortalecer seu caso no tribunal de opinião pública e, posteriormente, nos corredores do poder.

    Como ajuda os políticos: Suponhamos que foi eleito. Deflagra um surto de uma certa doença cuja causa não é identificável. Não ficaria grato aos lobistas se pudessem apresentar-lhe um relatório identificando a causa e a solução? Todos os políticos ficariam; porque ao agirem de acordo com as recomendações do relatório permitirá que eles deixem seus eleitores satisfeitos.

    Como ajuda o público em geral: Suponhamos que quer que o governo forneça medicamentos que tratem doenças com risco de mortalidade elevado de forma gratuita. Pode embandeirar um cartaz e postar exigências no Facebook as vezes que quiser, mas a sua voz só será ouvida se tiver o apoio de uma empresa de lobby cuja mão de obra e capital possam elevar sua voz aos escalões do poder.

     

    Conclusão

    Os críticos do lobby gostam de criticar o setor por alegarem estar infestados de práticas corruptas. Isso é o aspeto engraçado sobre o lobby. Pode demitir lobistas, desde que eles não protejam os seus interesses. No entanto, conforme explicado pelos exemplos acima mencionados, os beneficiários finais das práticas de lobby são os cidadãos que estariam mais desprotegidos sem essas práticas.

    FACEBOOK
    TWITTER
    YOUTUBE
    LINKEDIN
    INSTAGRAM

    Deixe um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

    Latest News